sábado, 8 de agosto de 2015

Glicemia Pós-Prandial e Hemoglobina Glicada



FLOR DO BRÓCOLIS


por Maristela Porto


Glicemia é quando se mede a quantidade de açúcar que se tem no sangue.
A glicemia de jejum é aquela realizada após um período entre 8 e 10 horas, sem qualquer alimentação. Qualquer alimento, bala, pode alterar os níveis sanguíneos, as pessoas esquecem que chicletes, balas, são cheios de açúcar.

Glicemia pós-prandial significa: após a refeição. A glicemia pós-prandial se refere à concentração de glicose no sangue após a refeição.
A diferença entre a glicemia de jejum e a pós-prandial é que a primeira é precedida de um período de jejum e a segunda da alimentação.
Isso para se avaliar a glicose no sangue 1 a 2 horas após a alimentação.

As concentrações de glicose no sangue começam a subir, aproximadamente, 10 minutos depois do início da alimentação, como resultado da absorção dos hidratos de carbono.
O pico da concentração da glicose no sangue, após a refeição, depende dos fatores abaixo relacionados:

- Tempo em que a glicose é medida;
- Quantidade de alimentação ingerida
- Composição da alimentação.

Em indivíduos que não têm diabetes, o pico da glicose no sangue, que ocorre cerca de 1 hora após o início da alimentação, raramente ultrapassa 140 mg/dL e retorna aos valores de antes da refeição, dentro de 2 a 3 horas.
        Nos indivíduos com diabetes, os níveis poderão ser mais elevados e contribuir para que os níveis de glicemia pós-prandial sejam mais elevados e permaneçam por um período mais prolongado do que nos indivíduos que não apresentam esses quadros.

As elevações agudas na glicemia – após a ingestão alimentar – estão associadas com uma variedade de alterações, tanto funcionais, como estruturais, no organismo, medidas pela glicose.

Hemoglobina glicada (HbA1c) é uma medida da glicolisação dos glóbulos vermelhos do sangue (hemaceas) e é expressa como uma porcentagem total da hemoglobina (pigmento vermelho do sangue).

A HbA1c está relacionada ao tempo e à concentração da glicose, na qual a hemoglobina ficou exposta.
Como a vida média dos glóbulos vermelhos é de 180 dias, ( a partir daí, eles são destruídos pelo próprio organismo) os níveis de HbA1c indica a média dos níveis de glicemia durante os 2 a 3 meses, tanto nas glicemias pré como as pós-prandiais.

Taxa da Glicemia em jejum: 70 a 110mg/dl.

 Glicemia Pós-Prandial: Teste realizado após 1 a 2 horas da alimentação.
Valor recomendado: < que 180 mg/dL
Uma alteração em 1% na HbA1c corresponde a uma alteração de aproximadamente 35 mg/dL na média das glicemias.

Tabela de Relação entre a hemoglobina Glicosilada  e a Glicose

HbA1c (%)
Mg/dL
   6
   135
   7
   170
   8
   205
   9
   240
   10
   275
   11
   310
   12
   345

* Valores de Referência ADA – American Diabetes Association: Clinical Practice Recommendations 2004.

A Associação Americana de Diabetes recomenda para o controle de diabetes em adultos uma glicemia < 180 mg/dL quando coletada entre 1 e 2 horas, após o início da alimentação.
A Federação Internacional de Diabetes e Associação Européia de Diabetes recomendam que para a prevenção da macroangiopatia, a glicemia 2 horas após a alimentação deve ser < 135 mg/dL.


Fontes: Revista “De Bem com a Vida” –Publicação da Roche Diagnostica do Brasil Ltda.